Complete the information below to register for the event.

Confira análises sobre as principais commodities

câmbio

Entramos no quarto trimestre com perspectivas que apontam para o início de um período de dólar mais forte, motivadas pelas expectativas do mercado para as próximas decisões do Federal Reserve. A possibilidade de uma alta dos juros em dezembro e o trâmite da reforma fiscal apresentada pelo governo Trump tendem a conferir suporte to the greenback. Permanecem no radar dos investidores as discussões sobre o sucessor Janet Yellen e as tensões geopolíticas na Coreia do Norte.

fertilizantes

Os preços dos fertilizantes no mercado internacional iniciaram uma tendência de alta nas últimas semanas do terceiro trimestre. Todavia, com a redução sazonal da demanda no quarto trimestre e ampliação da capacidade produtiva, é possível que um teto tenha sido atingido. Mesmo assim, dúvida em relação à produção chinesa continua a oferecer certo suporte às cotações.

soja

milho

trigo

algodão

cacau

açúcar

Nos próximos meses, esse cenário de preços mais baixos do cereal ao redor do mundo pode vir a ser alterado caso a safra na América do Sul apresente problemas importantes, reduzindo um pouco a disponibilidade de milho.

O próximo trimestre deve ser influenciado pelo plantio da safra nova no hemisfério norte e pela dinâmica de exportação da grande produção do Mar Negro. O mercado do cereal de maior proteína deve seguir suportado pelos problemas nos EUA, Canadá e Austrália, enquanto que o trigo de menor proteína tende a continuar pressionado pelo contexto de grandes estoques no mundo e nos Estados Unidos.

O quarto trimestre marca o novo ano-safra no hemisfério sul, enquanto os produtores do hemisfério norte adentram principal fase da colheita. Enquanto Estados Unidos, China e Índia encerram suas safras, o Brasil se prepara para o plantio da próxima temporada. Com o aquecimento da demanda da indústria asiática, o mercado deve observar os resultados das exportações norte-americanas.

O cacau inicia um novo ano-safra, após seus preços acumularem queda de 26% no anterior, com perspectivas positivas para a produção mundial, embora dificilmente esta repetirá os números excepcionais de 2016/17. No lado da demanda, boas margens devem incentivar a moagem, enquanto que os feriados de final de ano, o maior crescimento econômico e a valorização do euro podem dar vigor ao consumo final.

As condições do balanço de oferta e demanda global de soja se mantêm mais confortáveis, deixando um espaço limitado para aumentos consideráveis dos preços. Num mercado de demanda aquecida e de oferta concentrada em poucos países, qualquer problema com a safra sul-americana nos próximos meses pode mudar a situação, oferecendo fundamentos para níveis de preços mais elevados.

café

Nos próximos três meses, as atenções dos mercados de café estarão voltadas para as lavouras brasileiras e vietnamitas, visto que a safra do país sul-americano irá se desenvolver, enquanto que a colheita deverá se intensificar na nação do sudeste asiático. Apesar das perspectivas climáticas favoráveis, qualquer problema nessas regiões poderá oferecer suporte para o avanço dos preços futuros do fruto.

etanol

Após um primeiro semestre do ano atípico, medidas do governo brasileiro tomadas nos últimos meses sugerem que as cotações de etanol devem seguir sua sazonalidade normal nesta entressafra, devendo subir nos próximos meses. Nos Estados Unidos, a ampla disponibilidade de milho pode continuar mantendo os preços de etanol relativamente pressionados. 

QUERO SABER MAIS!

Depois de um semestre de pouca movimentação devido à proximidade em relação à paridade com o etanol no Brasil, o mercado internacional de açúcar se volta para a safra do Hemisfério Norte, para a qual se espera grande aumento das exportações, principalmente de açúcar branco. Com expectativas muito otimistas no mercado, quaisquer problemas nestes países podem levar à recuperação nos preços.

NY Week Webinar Conference: COVID-19 – Impacts on Sugar and Energy Markets: What to Expect?

In place of our annual Sugar and Ethanol Conference, the FCM Division of INTL FCStone Financial Inc. will be hosting the NY Week Webinar Conference: COVID-19 – Impacts on Sugar and Energy Markets: What to Expect? on Thursday, June 4, 2020 at 3:00 p.m. (EST).

Join us as we discuss supply and demand impacts of the pandemic crisis. This webinar will analyze both macro and energy markets and the effects in the sugar and ethanol sector. We’ll explore insights for the Brazilian Center-South and Global fundamentals, attempt to uncover potential market risks and identify future opportunities. During the webinar, INTL FCStone will release its revised estimates for the sugarcane harvest in the Brazilian Center-South and INTL FCStone's first Global S&D numbers for 2020/21 crop.

Double-click to edit this text

The INTL FCStone Inc. group of companies provides financial services worldwide through its subsidiaries, including physical commodities, securities, exchange-traded and over-the-counter derivatives, risk management, global payments and foreign exchange products in accordance with applicable law in the jurisdictions where services are provided. References to over-the-counter (“OTC”) products or swaps are made on behalf of INTL FCStone Markets, LLC (“IFM”), a member of the National Futures Association (“NFA”) and provisionally registered with the U.S. Commodity Futures Trading Commission (“CFTC”) as a swap dealer. IFM’s products are designed only for individuals or firms who qualify under CFTC rules as an ‘Eligible Contract Participant’ (“ECP”) and who have been accepted as customers of IFM. INTL FCStone Financial Inc. (“IFCF”) is a member of FINRA/NFA/SIPC and registered with the MSRB. IFCF is registered with the U.S. Securities and Exchange Commission (“SEC”) as a Broker-Dealer and with the CFTC as a Futures Commission Merchant and Commodity Trading Advisor. References to securities trading are made on behalf of the BD Division of IFCF and are intended only for an audience of institutional clients as defined by FINRA Rule 4512(c). References to exchange-traded futures and options are made on behalf of the FCM Division of IFCF or INTL FCStone Financial (Canada) Inc. INTL FCStone Ltd is registered in England and Wales, Company No. 5616586, authorized and regulated by the Financial Conduct Authority [FRN446717].
 
Trading swaps and over-the-counter derivatives, exchange-traded derivatives and options and securities involves substantial risk and is not suitable for all investors. The information herein is not a recommendation to trade nor investment research or an offer to buy or sell any derivative or security. It does not take into account your particular investment objectives, financial situation or needs and does not create a binding obligation on any of the INTL FCStone group of companies to enter into any transaction with you. You are advised to perform an independent investigation of any transaction to determine whether any transaction is suitable for you. Derivatives trades must be placed through an appropriately registered person.
 
No part of this material may be copied, photocopied or duplicated in any form by any means or redistributed without the prior written consent of INTL FCStone Inc.

 © 2020 INTL FCStone Inc. All Rights Reserved.


Mailing Address:

INTL FCStone

155 East 44th Street

Suite 900

New York, NY 10017

About the Host:

INTL FCStone Financial Inc.’s FCM Division provides full-service, 24-hour futures and options brokerage, advisory, clearing and execution services on all major commodity exchanges worldwide. We add value for clients across a variety of financial markets by helping them to systematically identify and quantify exposures to commodity price risks.